Vergalhões de fibra de vidro é o futuro em obras estruturais.

Corrosão em obras estruturais é um fenômeno natural e mundial. Por ano são gastos milhões de dólares para remediar o problema.

Porém as novas tecnologias em materiais ajudam a acabar com o problema de forma acessível e sustentável.

  1. O vergalhão de fibra de vidro é resistente à corrosão

O polímero reforçado com fibra de vidro ganhou espaço considerável sobre o aço em aplicações onde a corrosão é uma grande ameaça. O vergalhão de fibra de vidro oferece uma solução abrangente de corrosão. Uma estrutura de concreto reforçada com vergalhões de fibra de vidro não reage ao ambiente rico em cloreto.

  1. Longa vida útil

Polímero reforçado com fibra de vidro, reforço quimicamente inerte, é uma forma econômica de alcançar uma longa vida útil de seu projeto. Os materiais de reforço antigos podem parecer baratos, no entanto, podem custar muito dinheiro a longo prazo. Ao aplicar vergalhões de fibra de vidro, você não apenas economiza dinheiro a longo prazo, mas também torna seu projeto completamente livre de ferrugem.

  1. Uma ampla gama de aplicações

O vergalhão de fibra de vidro pode ser usado em uma ampla variedade de aplicações, incluindo estruturas marítimas, TI e instalações médicas. É um material de construção não condutor e não magnético, ideal para instalações médicas e científicas.

  1. Economize tempo e dinheiro

O custo de manutenção multiplica o valor gasto em barras de reforço de concreto de baixo custo. A sustentabilidade é uma das maiores preocupações dos projetos construídos com vergalhões de aço. O vergalhão de fibra de vidro oferece sustentabilidade ao tornar as estruturas de concreto invulneráveis ​​a agentes corrosivos.

Nós da Korthfiber fabricamos todo maquinário para a produção de “Rebar” vergalhões de fibra de vidro.

O conjunto de equipamentos possibilita a produção de até 4 vergalhões simultaneamente. Além de contar com um sistema de automatização que reduz custos e tempo de produção.

Korthfiber – O futuro em expansão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *